segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Pedro Abrunhosa

3 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

A melodia é muito bonita!
Eu não entendi a mensagem da letra. Escutei e li duas vezes. Ainda não capto.

Isa from Aveiro disse...

O Pedro escreveu esta canção para homenagear o seu irmão que partiu e que foi para ele um modelo.
Ao não dedicar a canção ao irmão de forma directa, estas musica torna-se mais abrangente, pois ela é dedicada a todos os que amam, porque quem ama, tem medo de perder...
Ela fala da dor da perda, da morte que vem sem avisar, dos laços quebrados, da vida que passa a ser diferente, do vazio, do sentimento de impotência face ao destino que não controlamos e que por vezes nos prega partidas…
Qual é o sentido da nossa vida? A nossa vida faz sentido? Será que há respostas para as nossas questões existenciais? Para quem acredita só no aqui e agora, então as perdas são irreparáveis, pois tornam-se definitivas…mas as discussões acerca desta temáticas são infindáveis!

Marcos Satoru Kawanami disse...

Eu acho que o mundo foi criado para que o amor de Deus se expandisse no drama da redenção em Cristo.
Isso resolve todas as minhas questões existenciais.
Pois não?

Se for de tua vontade, podes comunicar-te comigo pelo meu e-mail:
mskawanami@bol.com.br