terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Que Alternativa?

Em 1992, Francis Fukuyama, anunciava no seu livro “O fim da história e o último homem” que o capitalismo tinha triunfado para sempre.
Acontece que afirmar dogmaticamente o que quer que seja, turva-nos a visão e leva-nos a cometer erros. Hoje o capitalismo levou um grande trambolhão e estamos incertos quanto à recuperação desta queda. Os que pareciam ser os vencedores na dicotomia socialismo/comunismo versus capitalismo “quebraram a cara”.
Na verdade, a humanidade precisa de um outro tipo de sociedade, porque o sistema actual fabrica milhares de pobres, cria angustia nos que têm a sorte (provisória) de ainda terem trabalho, multiplica as guerras e arruína os recursos do planeta. O facto de pretender que a humanidade esteja condenada a viver sob a lei da selva, equivale a fazer de todos nós simples palermas destituídos de qualquer sinal de inteligência.


Como conceber uma sociedade mais humana capaz de oferecer um futuro decente a todos?


Eis um debate que nos incumbe a todos lançar, sem tabus!

1 comentário:

Marcos Satoru Kawanami disse...

A Humanidade não estava preparada para Jesus Cristo, nem esteve preparada para Karl Marx.
Penso que o grande erro do Comunismo foi adotar uma política ateísta, o que fez a tristeza de seus cidadãos, e também levou o Vaticano a combater o mundo Soviético.