terça-feira, 14 de julho de 2009

O desaparecimento do 11º Panchen Lama



Em maio de 1995, o actual 14º Dalai Lama reconheceu um menino de 6 anos com o nome de Gedun Choekyi Nyima como a 11ª reencarnação do Panchen Lama.


O governo de Pequim não aceitou esta escolha e obrigou os monges de Tashilhunpo a encontrar um outro Panchen Lama.


A escolha dos chineses recaiu sobre o filho de um membro tibetano do Partido Comunista. Hoje, esse jovem de 18 anos estuda em Pequim e está sob controle do governo chinês.


A questão é a seguinte: Onde está o 11º Panchen Lama reconhecido inicialmente?


Será que o 11º Panchen Lama “chinês” tem alguma credibilidade, uma vez que parece ser uma marionete do regime?


Um dos problemas que se colocará num futuro próximo é que, segundo a tradição tibetana, o Panchen Lama participará na escolha do próximo Dalai Lama, depois do actual falecer.


Escolherá este um Dalai Lama “pró-China”?

2 comentários:

Estrela do céu disse...

esta historia é engraçada!!!!

Isa from Aveiro disse...

Infelizmente é uma história verdadeira e aí já perde a graça toda, não te parece?